Ribeirão Preto divulga Plano Municipal de Imunização contra Covid-19

Profissionais da Saúde e idosos serão vacinados prioritariamente e imunização será feita em duas doses, com o intervalo de três semanas entre a primeira e a segunda aplicação

O prefeito Duarte Nogueira durante o anúncio do Plano Municipal de Imunização contra COVID-19 (Foto: Alexandre de Azevedo)
O prefeito Duarte Nogueira durante o anúncio do Plano Municipal de Imunização contra COVID-19 (Foto: Alexandre de Azevedo)

O prefeito de Ribeirão Preto, Duarte Nogueira, e o secretário municipal da Saúde, Sandro Scarpelini, anunciaram nesta sexta-feira, 8 de janeiro, o Plano Municipal de Imunização contra a Covid-19. A previsão é vacinar o público-alvo determinado pelos órgãos Federal e Estadual, que totaliza 150.275 pessoas e é formado por profissionais da saúde e idosos, no período de 25 de janeiro a 22 de março.

PUBLICIDADE

“Já servimos como exemplo de sucesso na estratégia da campanha vacinação contra Febre Amarela, em 2017, e contra a H1N1, em 2020. Novamente seremos referência em imunização. Vamos vencer o coronavírus”, informou o chefe do Executivo.

O prefeito Duarte Nogueira e o secretário municipal da Saúde, Sandro Scarpelini durante o anúncio do Plano Municipal de Imunização contra COVID-19 (Foto: Alexandre de Azevedo)
O prefeito Duarte Nogueira e o secretário municipal da Saúde, Sandro Scarpelini durante o anúncio do Plano Municipal de Imunização contra COVID-19 (Foto: Alexandre de Azevedo)

A imunização será feita em duas doses, com o intervalo de três semanas entre a primeira e a segunda aplicação, de acordo com o seguinte cronograma:

  • A partir de 25 janeiro (1ª dose) e a partir de 15 fevereiro (2ª dose): 32 mil profissionais de saúde dos setores público, privado e filantrópico;
  • A partir de 8 fevereiro (1ª dose) e a partir de 1º março (2ª dose): pessoas com 75 anos ou mais (32.806 pessoas);
  • A partir 15 fevereiro (1ª dose) e a partir de 8 março (2ª dose): pessoas entre 70 e 74 anos (21.269 pessoas);
  • A partir 22 fevereiro (1ª dose) e a partir de 15 março (2ª dose): pessoas entre 65 e 69 anos (28.663 pessoas);
  • A partir 1º março (1ª dose) e a partir de 22 março (2ª dose): pessoas entre 60 e 64 anos (35.537 pessoas).

Os profissionais da saúde serão vacinados nos hospitais ou unidades de saúde em que trabalham. Demais profissionais da saúde que não estão nos hospitais serão vacinados nas salas de vacinação da rede pública de Saúde, que totaliza 37 postos de imunização, assim como os idosos.

O município também contará com um ponto de vacinação Drive-Thru, no estacionamento do Estádio Santa Cruz (Botafogo), além de postos fixos no RibeirãoShopping, Shopping Santa Úrsula, NGA – Núcleo de Gestão Assistencial (Rua Minas, 895 – Campos Elíseos) e Centro Médico (Rua Thomaz Nogueira Gaia, 1275 – Jardim Irajá).

A Secretaria da Saúde também já traçou estratégias para a vacinação de idosos acamados e residentes em instituições de longa permanência (casas de repouso).

“Serão mobilizados 606 profissionais da saúde para a execução do Plano de Imunização, dos quais 42 enfermeiros, 282 auxiliares de enfermagem e 282 agentes comunitários de saúde. O custo desses recursos humanos, incluindo as horas extras, será da ordem de R$ 991 mil, além de R$ 61 mil em insumos complementares, conforme estimado pela Secretaria da Saúde”, complementou o prefeito.

O secretário municipal da Saúde, Sandro Scarpelini durante o anúncio do Plano Municipal de Imunização contra COVID-19 (Foto: Alexandre de Azevedo)
O secretário municipal da Saúde, Sandro Scarpelini durante o anúncio do Plano Municipal de Imunização contra COVID-19 (Foto: Alexandre de Azevedo)

Ainda segundo Nogueira, Ribeirão Preto receberá 760 mil seringas e agulhas do governo do Estado nos próximos dias, reforçando as ações de organização e estrutura já adotadas pela prefeitura.

Desde dezembro, Ribeirão Preto está se preparando para promover a imunização da população contra a Covid-19, antecipando medidas para recepção das doses, armazenamento, distribuição e oferta da vacina ao público-alvo.